9 de dezembro de 2017

Resenha: ''Traços'' de Eduardo Cilto

''Existe uma estrada a seguir, um coração a afundar e um destino a cumprir! Afasta-se e veja a verdade. Trace seu caminho!’’


 Em sua estreia na literatura - o youtuber e amante assíduo dos livros - Eduardo Cilto, nos conta a história do jovem Matheus que depois de aceitar um convite para acompanhar sua amiga Beatriz na festa do colégio, vê sua vida tomar um novo rumo após participar de um ritual místico na casa de uma colega da escola. Através de revelações duvidosos no ritual, Beatriz cisma em fugir de casa e ir para a cidade grande: São Paulo. Pela amizade, Matheus resolve embarcar nesta aventura ao lado da menina. O que eles não esperavam era que suas vidas  jamais seriam as mesmas depois desta grande jornada.
  ‘’Traços’’ é uma obra cheia de inspiração para àqueles que se sentem diferentes dos outros. Exemplifica que quem é responsável pela nossa jornada são nós mesmos e que devemos sempre ir atrás de nossos sonhos e traçar os nossos próprios caminhos.
 Este livro é um daqueles que consegue esquentar o coração do leitor e deixa aquele gostinho de ‘’quero mais’’ no final. Uma ótima opção para ler nas férias!
   A publicação de ‘’Traços’’ confirma mais uma vez, que os tempos mudaram e publicar um livro não é algo tão distante como antigamente. Através do canal ‘’Perdido Nos Livros’’, Edu Cilto conquistou seu público por anos enquanto dividia seu gosto literário com seus leitores. Com excelência realizou seu grande sonho de publicar seu primeiro livro e deixou seus fãs com mais sede de ler mais obras dele. Que venha os próximos livros!




‘’O mundo pode ser extremamente assustador e hostil quando você é forçado a encará-lo sem estar preparado. Mas é assim que as coisas sempre acontecem. ‘’
—  Traços, Eduardo Cilto




Editora: Planeta
Páginas: 270
Ano: 2016

21 de julho de 2017

LIVROS NACIONAIS QUE VOCÊ PRECISA LER!

  No início deste ano, eu fiz uma postagem sobre a importância dos livros em si e também falei sobre como adquirir o hábito da leitura, na postagem de hoje, resolvi enaltecer os escritores nacionais da atualidade que usaram a internet como uma ferramenta maravilhosa para expandir a literatura e se tornaram grandes escritores.
   Precisamos e devemos dar a devida importância para nossos escritores nacionais (e em especial para os novos escritores). Entenda, não quero abolir o consumo de livros internacionais, mas sim evidenciar a importância de darmos valor aos nossos escritores, pois não é fácil ser escritor no Brasil.
 Portanto, no post de hoje, resolvi selecionar os novos escritores e suas obras e recomendo que você pegue um papel ou anote em seu celular, a lista desses livros maravilhosos, pois como sabemos: teremos Bienal este ano aqui no Rio de Janeiro! Enfim, espero que gostem desta postagem.



1- AZEITONA - BRUNO MIRANDA
Resultado de imagem para azeitona bruno miranda

 Bruno Miranda sempre foi um leitor assíduo e por isso criou um canal no Youtube sobre livros chamado ''Minha Estante'' e também  mostra o seu lado cômico no canal ''Bubarim''. ''Azeitona'' é o seu primeiro livro. Ainda não tive a oportunidade de ler, mas como disse, este livro está na minha lista de desejos desde que soube de seu lançamento.
  



Sinopse:
''
Ian e Emília não trocaram mais que duas palavras desde que começaram a estudar juntos, mas é o nome dela que vem à mente dele quando precisa de uma parceira para um plano mirabolante: participar de um reality show sobre casais adolescentes que vão ser pais. Isso em troca de um cachê capaz de resolver todos os seus problemas.

Ian tem dezesseis anos e foi criado pela irmã, Iris, que precisou abrir mão de oportunidades na vida para cuidar dele. Agora, quando ela finalmente vai conseguir se formar na faculdade, ele se sente na obrigação de retribuir de alguma maneira.

Emília, aos dezessete anos, não quer retribuir nada a ninguém – pelo contrário, seu sonho é sair de casa o quanto antes para não discutir mais com a mãe, com quem sempre teve uma relação conturbada.

O fato de que eles não são um casal nem têm planos de ter um bebê de verdade parece apenas um detalhe. Mas a vida reserva surpresas, nem sempre boas, para quem acredita que é fácil inventar a própria história.

O romance de estreia de Bruno Miranda, criador do canal Bubarim, no Youtube, é uma história divertida e tocante sobre relacionamentos familiares.''







2- TRAÇOS - EDUARDO CILTO


Resultado de imagem para traços eduardo cilto

Eduardo Cilto também começou sua jornada como escritor como youtuber, com o canal ''Perdido Nos Livros'' onde faz resenhas, tags e tudo mais sobre o mundo da literatura. ''Traços'' é seu livro de estreia e só pela sinopse me faz querer lê-lo. Confesso que este é um dos livros que estão no topo da minha lista de desejos haha.


Sinopse:
''
Quando Matheus aceitou acompanhar Beatriz na festa do colégio, jamais imaginou que terminaria a noite participando de um ritual místico (de veracidade duvidosa) para saber o que o futuro reservava para ele e a amiga. Assim que as velas que os cercavam se apagam e uma resposta esquisita encerra a cerimônia, Beatriz leva o resultado a sério e entende que deve fugir da cidade pequena para se encontrar com seu destino nas ruas da capital de São Paulo. Perdido no meio de tudo, Matheus é obrigado a repensar o que considera certo ou errado quando é convidado para participar do plano maluco de fuga e decide que precisa passar por cima dos limites impostos pelos pais para finalmente ser capaz de entender quem realmente é. Os dois amigos partem sozinhos para São Paulo e carregam consigo não somente as malas nas costas, mas também o peso de todos os problemas que achavam que estavam deixando para trás. Sem ter ideia do que estão enfrentando, Matheus e Beatriz descobrem mais sobre si mesmos, criam, quebram laços e encaram desafios que jamais pensaram que confrontariam enquanto contavam as moedas para realizar esse grande plano que iria mudar suas vidas para sempre.''



3- POR QUE INDIANA, JOÃO? - DANILO LEONARDI


Imagem relacionada

 Danilo, assim como Bruno e Eduardo também é youtuber e comanda o canal ''Cabine Literária'' junto com seus outros amigos. ''Por que Indiana, João'' também é seu primeiro livro e foi lançado em 2014, mas também ainda não tive a oportunidade de lê-lo. Só pela sinopse podemos perceber que o livro aborda um tema atual sobe bullying e a vida adolescente. 

Sinopse:
''
Você pode pensar que, aos quinze anos, João já deveria estar acostumado com provocações, apelidos e humilhações. Afinal, ele é um típico adolescente deslocado e tímido. Alvo perfeito para a ira dos valentões e para o desprezo das garotas.

Mas sua vida muda completamente quando reage a um ataque de seu maior algoz. O golpe de sorte que derruba o valentão é gravado e vira hit na internet.
João se vê finalmente admirado, respeitado e seguro. Mas tudo tem seu preço e João vai aprender qual o peso que suas escolhas podem ter não só sobre sua vida, mas sobre as vidas de todos ao seu redor.

“Por que Indiana, João?” é o livro de estreia de Danilo Leonardi, editor do canal “Cabine Literária” e parte de uma história quase comum para falar sobre algo que não deveria ser tão comum assim e que faz parte da vida de muitos adolescentes, jovens e até de adultos: o bullying.''





4- ADRENALINA SOMBRIA - THAÍS BARROS


Resultado de imagem para adrenalina sombria thais barrosResultado de imagem para adrenalina sombria thais barros

Thaís Barros é uma youtuber dona do canal ''The Book Dilemma''. Assim como os meninos que citei anteriormente, Thaís faz resenhas e muitas outras coisas em seu canal. ''Adrenalina Sombria'' foi publicado antes em um site chamado ''wattpad'' (já abordei sobre este site maravilhoso aqui no blog). Eu tive a oportunidade de ler e acompanhar cada passo da história. Simplesmente amei ''Adrenalina Sombria'' e sempre divulgo para as minhas amigas. Com um toque de terror, aventura e dramas adolescentes, este livro prende o leitor do início ao fim. Agora meu maior desejo é tê-lo em versão física em mãos! haha

Sinopse:
''
Verônica, Beatriz, Ametista, Lola e Cora são inseparáveis. E em vez de passarem o tempo assistindo a séries juntas, as cinco amigas gostam de lidar com fenômenos sombrios.
Estudiosas dos mistérios sobrenaturais, acham que está na hora de saírem dos contos de terror e se aventurarem em algo de fato perigoso; porém, tudo dá errado. Uma delas entra em coma, outra recebe visitas sombrias durante o sono e as demais veem suas vidas virarem de cabeça para baixo.
Nunca deveriam ter mexido com demônios. Os mortos não gostam de ser incomodados durante o sono eterno, e agora eles querem vingança.''




5- OS 12 SIGNOS DE VALENTINA - RAY TAVARES


Resultado de imagem para os 12 signos de valentina ray tavares

 Rayssa Tavares também começou a escrever no wattpad, onde conseguiu 1 milhão de visualizações em ''Os 12 Signos de Valentina''. Pude acompanhar a história e surtei quando acabou (quem é leitor de fanfic/histórias online me entende haha) e como aconteceu com ''Adrenalina Sombria'', também saí por aí divulgando a obra da Ray pelos quatro cantos do mundo! Para quem adora astrologia, ou apenas ama uma boa história de romance, vai se deliciar a cada página com este livro, que conseguiu me tirar boas risadas e me divertiu até a última página. Também quero muito tê-lo em mãos na versão física e na minha estante.

Sinopse:
''
Isadora é ariana e seu ex namorado pisciano... Inferno astral! Em busca da combinação astrológica perfeita, ela cria um blog para relatar suas experiências. Isadora descobriu da pior forma possível que o namorado a traíra. E com sua melhor amiga, ainda por cima! A estudante de jornalismo entra numa fossa sem fim. Sem nenhum estágio à vista, ela se afoga em filmes feitos para chorar, pizza e em sua mais nova obsessão: stalkear o perfil do ex namorado no Facebook. Até descobrir exatamente o que deu errado entre ela e Lucas: seus signos são incompatíveis. Basta encontrar um rapaz de libra e seu mundo entrará nos eixos novamente. Com a nova obsessão e a desculpa do trabalho final de jornalismo online, uma reportagem investigativa sob um pseudônimo, Isadora une o útil ao agradável e cria um blog para relatar a experiência: Os 12 signos de Valentina. Já que precisa encontrar o libriano perfeito, por que não aproveita e experimenta os outros signos do zodíaco para ter certeza mesmo?''





6- QUERIDO DANE-SE - KÉFERA BUCHMANN 

Resultado de imagem para QUERIDO DANE-SE keferaA imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo

   Que Kéfera Buchmann é um fenômeno nacional pela internet isto todos sabemos, mas o que não sabíamos era que ela tinha um lado que ia além de seus livros autobiográficos. Kéfera escreve poemas e histórias ficcionais, ''Querido Dane-se'' é seu terceiro livro recém publicado, porém ele é diferente dos outros pois desta vez a youtuber e atriz resolveu se aventurar escrevendo uma história de ficção. Como acompanhei alguns poemas que ela mesma postou nas redes sociais e em seu canal, fiquei bastante curiosa com este novo livro.

Sinopse: ''Sara tem muitos sonhos, mas também vários problemas para enfrentar. Para começar, seu namorado acabou de uma hora para outra com ela e por WhatsApp. Pouco depois, ela descobriu que o desgraçado está namorando uma socialite linda e admirada. Parou por aqui? Não: Sara, que é estilista de formação, mas trabalha como costureira, atualmente está de plantão na casa dessa socialite, arrumando as roupas dela.
Enquanto lida com o ressurgimento do ex e tenta voltar a achar graça na solteirice, Sara sofre com seu maior medo: fazer trinta anos sem achar a sua cara-metade. Entre lágrimas e muita risada, no entanto, Sara começa a repensar sua vida. E a perceber que está diante de uma pessoa cujos anseios e gostos conhece pouco: ela mesma.

Querido dane-se é a primeira ficção de Kéfera Buchmann, que, sem abandonar o bom humor de sempre, fala sobre autoestima, empoderamento e a importância de compreender os próprios desejos para se tornar alguém feliz.''


  E aí, gostou da postagem de hoje? Conheça algum desses escritores nacionais? Já leu algum desses livros? Comente pois eu adoraria saber! Espero que eu tenha feito despertar o seu interesse pela literatura nacional e talvez até mesmo tenha lhe instruído para adicionar algum deles na sua lista de livros para a bienal desse ano aqui no Rio de Janeiro. Pois confesso, eu adoraria ter não somente os livros, como também o autógrafo de cada um deles haha. Até a próxima! Beijos da Letícia!

4 de julho de 2017

John Green voltou atrás sobre sua aposentadoria - e já tem livro novo!



Parece que a aposentadoria de John Green foi só um tempo que o autor tirou para relaxar de toda a pressão que sentia, como o próprio já havia informado (leia mais clicando aqui). Após 10 meses no anonimato e 6 anos sem lançar novos livros, ele está de volta e já tem data para o lançamento de seu novo livro!
Turtles All The Way Down (sem título em português, com tradução literal de Todas Tartarugas Caminhando Para Baixo) contará a história de uma jovem de 16 anos, Aza Holmes, que está em busca de um bilionário desaparecido para poder ganhar a recompensa de seu aparecimento. O livro segue bem a linha John Green: amizades duradouras, reencontros inesperados, e uma doença. Sim, dessa vez teremos como um novo elemento de sua obra o transtorno obsessivo-compulsivo - TOC. A doença é conhecida pelo autor, já que ele conviveu com TOC por muitos anos.
John Green disse ao Entertainment Weekly: "Há anos que trabalho em Turtles All The Way Down e estou animado para compartilhar essa história com os leitores, em outubro. É minha primeira tentativa de escrever diretamente sobre o tipo de distúrbio mental que afeta minha vida desde a infância, então embora seja uma história ficcional, também é algo muito pessoal". O livro será publicado simultaneamente com os Estados Unidos em 10 de outubro e também trará fanfictions (saiba mais sobre fanfics clicando aqui) de Star Wars e répteis neozelandeses. É para deixar até quem não é fã totalmente ansioso!

Estamos felizes pela volta de John Green, e vocês?

29 de junho de 2017

TATUAGENS PARA AMANTES DA LITERATURA

Você além de amantes de livros também adora tatuagens? Então a postagem de hoje é especial para você! Selecionamos fotos de tattoos inspiradas em livros.

1- HARRY POTTER

Há 20 anos o bruxinho mais amado do mundo nos encanta com suas aventuras criadas pela J. K. Rowling. Já pensou em fazer uma tatuagem como essas?



As relíquias da morte em aquarela:

Imagem de tattoo and art

Varinhas mágicas:

 Imagem de tattoo and harry potter

Novamente o símbolo das relíquias da morte:

Imagem de tattoo and harry potter


LUMOS! Um dos feitiços clássicos dos bruxinhos:

 Imagem de tattoo, harry potter, and book

 E que tal uma réplica da tatuagem/marca dos comensais da morte?

Imagem de alternative, girl, and harry potter


 Um dos mais bonitos que achei foi este desenho do Harry em aquarela:

Imagem de harry potter and inspiration



2- ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS

A clássica obra de C. S. Lewis encanta gerações até nos dias atuais. Você gostaria de ter uma Alice tatuada em sua pele?

Imagem de tattoo, alice, and pink

E que tal esta tatto com o Coelho?

Imagem de alice in wonderland, ink, and tatto


 A Alice do filme da Disney também é uma figura marcante:

Imagem de tattoo, alice, and alice in wonderland



3- O PEQUENO PRÍNCIPE


Não poderia deixar de fora um dos livros mais queridinhos do mundo: ''O Pequeno Príncipe''.

Em frânces: ''O essencial é invisível aos olhos'':

Imagem de tattoo and quote

Imagem de le petit prince, the little prince, and tatoo

Imagem de tattoo, the little prince, and quote
Imagem de tattoo, elephant, and cigarette


4- LIVROS


Que tal unir duas paixões: livros e tatuagens?


Imagem de tattoo and book
Imagem de book, tattoo, and tatto

Imagem de book and tattoo



5- OUTRAS SAGAS:

Apaixonados por sagas vão amar essas tattoos a seguir:


''A Culpa é das Estrelas'':

Imagem de brazilian, fofo, and john green


''Nárnia'':

Imagem de book and narnia


''Divergente'':

Imagem de book, divergente, and llamas
Imagem de tattoo and bird




Qual das tattoos você teria coragem de fazer?
Comente! Adoraríamos saber!
Beijos e até a próxima! ♥



9 de abril de 2017

13 MOTIVOS PARA ASSISTIR ''13 REASONS WHY''

                               13 MOTIVOS PARA VER ‘’13 REASONS WHY’’


No dia 31 de Março deste ano, estreou na Netflix a série "13 Reasons Why",  que ganhou muita visibilidade desde a sua estreia. A série conta a história de Hannah Baker, uma estudante do ensino médio que antes de cometer suicídio gravou 13 razões em fitas que a levou a cometer tal ato. Tudo começa quando o personagem chamado Clay Jensen, que após receber a caixa com todas as fitas gravadas pela Hannah, começa a busca por respostas em saber o motivo de seu nome estar na lista das pessoas responsáveis pelo suicídio da menina.
Resolvi reunir motivos para lhe convencer a assistir "13 Reasons Why".

1- INSPIRADO EM UM LIVRO




Escrito pelo autor  Jay Asher, ‘’Os 13 Porquês’’ foi publicado em 2007. A obra literária alcançou o primeiro lugar no New York Times em Julho de 2011. Leitores assíduos, já conheciam a fama do livro e após o lerem entendiam o porquê dele ser tão renomado.
A série é uma adaptação do livro, o que significa que há modificações na série. Porém, não leve isto como algo negativo pois tanto a obra literária quanto o seriado são bons e conseguem passar uma mensagem importante ao leitor/telespectador. Já postei uma resenha sobre o livro aqui.


2- PRODUZIDO POR SELENA GOMEZ


 

A atriz, cantora, modelo e embaixadora da Unicef: Selena Gomez, nos mostrou mais uma de suas facetas ao produzir "13 Reasons Why" ao lado de outros produtores e do próprio autor do livro. Foi a mãe de Selena que a apresentou ao livro e as duas então foram em busca de alguém que aceitasse o projeto para que se transformasse em uma série. A cantora já declarou que se identifica com a Hannah: "Me vejo muito na personagem Hannah. Há sete anos eu me identificava com ela, e agora mais ainda, o que é curioso, pois parece um retrocesso. Quanto mais velha eu fico, mais insegura sou, o que é estranho. Mas acho que é algo com o que muitos podem se identificar", declarou à revista The Hollywood Reporter.
Selena se mostrou mais uma vez que se dedica à tudo o que faz e também mostrou seu lado altruísta ao compartilhar esta história dramática com o jovens, pais e afins.



3- O BULLYING NAS ESCOLAS


      

A história tem o colégio Liberty como cenário principal. É na escola que os personagens se conhecem e interagem. Em "13 Reasons Why" é mostrada a realidade, não somente dos colégios americanos, como na maioria dos colégios de todo o mundo. Há a hierarquia, a dificuldade do convívio social e o bullying é um dos principais temas. A série mostra abertamente as consequências de banalizar o bullying no ambiente escolar. O erro em achar que são apenas pequenas brincadeiras entre alunos, quando na realidade é o oposto e as tais "pequenas brincadeiras" podem levar uma pessoa à cometer o suicídio.


4- ASSUNTOS ATUAIS E POLÊMICOS



Além da abordagem sobre  bullying nas escolas, há também outros assuntos como o preconceito, machismo, homofobia, alcoolismo e o uso de drogas. Como o livro foi publicado há dez anos, houve mudanças para que a série acompanhasse os dias atuais e com eles a exploração de temas bastante falados ultimamente. Diferente de outras séries em que enaltecem atitudes errôneas dos jovens, em "13 Reasons Why" cada personagem tem sua personalidade como um exemplo a não ser seguido. É inevitável não nos compararmos aos personagens ou seus atos cometidos. As cenas são como um "toque nas feridas" de muitos. Há jovens que sofrem homofobia - ou como a Courtney que não se sente segura com sua homossexualidade (apesar de ter dois pais homens). O machismo é algo bastante explorado, mas de uma maneira diferente. No ambiente escolar, a imagem de que há meninas que são intituladas como "vadias" e são tratadas sem dignidade e respeito apenas por serem mulheres ou a presença do típico personagem machista que não respeita as meninas e se intitula como o "pegador". Também há o assunto sobre alcoolismo e o uso de drogas e como tudo isto afeta, não somente o próprio indivíduo, como pessoas de fora.


5- ABORDA ASSUNTOS ATUAIS


 

Como eu havia comentado posteriormente, a série se passa nos dias atuais onde a internet e outras tecnologias estão presentes nas vidas dos jovens. No campo virtual também nos deparamos com o ciberbullying (assédio virtual ). A crítica sobre como os jovens se importam como o que os outros pensam e a aprovação alheia também é mostrada. Tyler, que é um dos personagens (da imagem acima) é o fotógrafo da escola, porém ele ultrapassa na questão ética e acaba se tornando um stalker (perseguidor). Com o alcance rápido e troca de informações, em poucos segundos os boatos correm pelos celulares dos jovens no corredor do colégio. Mas o que eles não sabiam é que poderiam afetar a vida de alguém para sempre.


6- OS DILEMAS NA ADOLESCÊNCIA


 

Por ser uma história para o público jovem, é inevitável não termos cenas em que os personagens estão aflitos com as decisões sobre o futuro. Fim do ensino médio, formatura, faculdade e relacionamentos amorosos preenchem o coração e as mentes juvenis. Uma cena muito explícita sobre isso é quando a Hannah está na loja de farmácia de seus pais, com sua mãe e ela a pergunta sobre qual curso de faculdade a filha pretende seguir. Se você é jovem (ou já foi) com toda a certeza irá se identificar com isto. Com toda a pressão da sociedade e de seus próprios grupos sociais dentro do colégio, a carga pesada do futuro é colocada sobre as costas dos personagens. Tudo isto ocorre enquanto um clima tenso sobre a possível descoberta das fitas está no ar.


7- OS PERSONAGENS


 

O sétimo motivo para que você assista ao seriado é pela escolha dos personagens. Hannah é a personagem principal e sua história é o foco da série, mas os demais personagens estão ligados à ela. Clay é um jovem tímido, que após receber a caixa se vê transformado e transtornado. Courtney é a típica menina certinha do colégio que faz o possível para não manchar sua imagem perante aos outros. Marcus é um aluno ativo em questões importantes do colégio, porém esconde segredos obscuros e seu próprio desvio de caráter. Sheri é a líder de torcida, que apesar de não estar presente na versão literária, foi colocada perfeitamente na série. Ela é o perfeito exemplo de que pequenos atos podem gerar graves consequências. Há também o Justin, que faz parte do time do colégio Liberty e, apesar de ser popular no colégio, vive uma realidade diferente em sua própria casa, onde é reprimido pelo padrasto e ignorado pela própria mãe. Entre estes personagens, há muitos outros que têm suas personagens exploradas e podem ser comparadas à casos reais.



8-  AS VINGANÇAS DE CLAY




Diferente do livro, Clay Jensen enquanto ouve cada fita se vê perdido e por vezes tenta se vingar das pessoas que afetaram a Hannah. Na série, o menino se torna hostil e problemático, completamente cego pelo desejo de vingança e por vezes se vê perdido e completamente alterado. Em "13 Reasons Why" a típica história sobre o valor da vingança também é retratado. A culpa, arrependimento e desespero de Clay sobre a morte de Hannah é mostrado em cada episódio. Jensen é a personificação do sentimento de  frustração e incapacidade.


9- O CRIME DE BRYCE




Sem dar spoilers sobre a história, o clímax da série é certamente o momento em que ouvimos a fita sobre Bryce. O típico menino rico, mimado e criado sem limites pelos pais e aplaudido pela sociedade que têm seu ego inflado pelos seus fiéis seguidores do colégio. O que Bryce fez na série é algo gravíssimo e que deve ser um tema abordado. O que ele fez é algo que, infelizmente, não foge da realidade. Quantos Bryces ainda ficarão escondidos e não arcarão com as consequências? Quantos outros Bryces estão sendo criados por famílias pelo mundo à fora? E por fim; quantos outros Bryces sairão ilesos após cometerem tal crime?
A série mostra que a vítima é sempre julgada como culpada de seus atos, quando na verdade o único culpado seria o agressor. Outro ponto chave de discussão em âmbito escolar, familiar e social.


10- A PRESENÇA DA FAMÍLIA


 

Em torno deste ar hostil você deve se perguntar: "onde estão os pais destes adolescentes?". E mais uma vez lhes digo, diferente do livro – onde os familiares não são tão retratados, – na série isto é bem diferente. Nos deparamos com os pais de Hannah tentando sobreviver ao suicídio da própria filha enquanto enfrentam problemas financeiros. Os pais de Clay começam a perceber a diferença de comportamento do filho, mas seus olhos se voltam à ele pelo fato do próprio colégio começar a alertar sobre depressão e o comportamento juvenil. Os pais de Courtney, que sempre a incentivam a ser a melhor em tudo, mas não prestam atenção na personalidade da própria filha. Há também o pai de Alex que é policial, mas vive passando a mão na cabeça do filho e acobertando seus atos. O pai de Jéssica também não percebe o que a filha esconde e como comentei antes, o seio familiar de Justin é um dos mais problemáticos, pois ele tem que enfrentar as agressões do padrasto e o alcoolismo da própria mãe.
A série aborda a importância da família na construção do caráter do jovem e o valor sentimental da atenção dos pais com seus filhos. Uma cena marcante é quando a mãe de Hannah pergunta ao marido: "Como não percebemos que nossa filha estava tão mal?". A falta de diálogo e atenção é um dos pontos abordados na série.




 11- A INDIFERENÇA DE SR. PORTER




Sr. Porter é o conselheiro estudantil do colégio Liberty. Sua função é ouvir e ajudar os alunos a enfrentar questões comportamentais e psicológicos. Porém, o que deparamos é falta de profissionalismo, apatia e falta de competência. Está claro que ele não está apto ao cargo de conselheiro. No último capítulo, a indiferença de Sr. Porter e falta de qualificação e apatia fica explícita. Mais absurdo que sua incompetência é sua total indiferença perante ao sofrimento alheio. O que ele fez na série (colocar a culpa na vítima e dizer para que ela esquecesse do ocorrido e seguisse em frente) é infelizmente o perfil de muitas pessoas na sociedade atual.
  

12- PRECISAMOS FALAR SOBRE A HANNAH BAKER




A personagem principal Hannah Baker tem sua vida devastada ao ser vítima de bullying e assédio. A cada episódio e a cada fita, temos uma peça de um quebra-cabeça, que ao decorrer da série é encaixada uma na outra. No final temos a imagem completa e nos deparamos coma cena forte, marcante e chocante do suicídio dela. No livro ela se mata por overdose de medicamentos, já na série a morte é mais chocante. Sim, é chocante, mas isto era a intenção dos produtores: mostrar a real consequência das vítimas que sofrem bullying, abuso, assédio e indiferença. Hannah se transforma a cada episódio e a depressão também é retratada na série. 
Depressão é uma doença psicológica que está entre as doenças mais encontradas na sociedade atual. É uma doença silenciosa que há indícios comportamentais que a pessoa não está bem psicologicamente, e por vezes não é reparada entre as pessoas próximas à vítima. Muitas pessoas ainda têm preconceito com esta doença e a banalizam. A série mostrou a importância de falarmos sobre a depressão, pois o último passo da doença é o suicídio. 
Li nas redes sociais que muitas pessoas acharam que a série é muito pesada e seria uma exploração da imagem de uma menina que cometeu o suicídio, porém é o oposto: é necessário falarmos sobre a Hannah Baker. Temos SIM que abordar sobre a depressão e suicídio. Isto serve como um alerta geral para a sociedade, o âmbito escolar, o seio familiar e para a própria vítima da doença. O recado principal para as vítimas de assédio, agressão, abuso, bullying e depressão é: PEÇAM AJUDA! Não se sintam envergonhados em pedir ajuda aos amigos, familiares e profissionais da saúde. Não deixem que a depressão te leve para o mesmo caminho que a Hannah Baker.



13- NÃO SEJA UM PORQUÊ




E por fim, meu último motivo para que você assista "13 Reasons Why" é o mais importante.
Ao fim da série o telespectador faz uma auto avaliação de seu próprio comportamento. Se pergunta se já fez algo para alguém que deixou rastros na outra pessoa. Se identifica com os personagens e faz uma auto reflexão. Será que estou sendo um Clay? Será que já fui
Jéssica/Courtney/Tyler/Alex na vida de alguém? Ou será que estou sendo a própria Hannah?
Assim que a série teve sua estreia, as pessoas usavam a hashtag #NãoSejaUmPorquê nas redes sociais, incentivando as pessoas a prestarem atenção em seus atos. Este é o ponto principal da série, mostrar para os jovens que seus atos – por mais pequenos que possam parecer – afetam sim a vida das outras pessoas. Um boato pelo colégio, um ato preconceituoso, um comentário indevido pode levar o fim de uma pessoa. Não ser um dos porquês é prestar atenção na maneira como você trata o seu próximo e na maneira como age em sociedade. A indiferença, o ódio e a falta de apatia pelas pessoas hoje em dia é grande. Em círculos de amigos na escola, na televisão, na rua e na própria casa há rastros de falta de amor ao próximo. A série nos faz pensar sobre nosso comportamento e enfatiza que o respeito ao próximo é a chave de tudo na vida.


Acontecimento importante: Após a estreia da série, o CVV (Centro de Valorização da Vida) fez duplicar o número de ligações e atendimentos.


Se você está passando por uma das situações que foram ditas, disque 141 para o Centro de Valorização da Vida. Não seja uma Hannah Baker. Não seja um porquê.